SITES E BLOGS

  • LEITORES
  • domingo, 14 de junho de 2009

    DEUS EXISTE, GRAÇAS A DEUS!


    As últimas descobertas da cosmologia moderna mostram que o Universo tem lançado enigmas maiores e mais profundos sobre sua verdadeira essência, desconsertando a lógica humana. Se analisarmos, com serenidade, a rica história da própria evolução da Física, já houve diversos momentos em que se imaginou ter ela se esgotado, ou seja, nada mais havendo o que desvendar. No final do Século XIX, Kelvin, o Pai da Termodinâmica, foi claro na sua afirmação: "acabou"! Já se sabia como estudar o movimento, a eletricidade e o magnetismo, e ele acreditava que nada havia além daquilo que já se conhecia. Porém, logo depois descobriram o átomo, o elétron e, já naquele século, Einstein desenvolveu a Teoria da Relatividade. No seu livro intitulado Uma Breve História do Tempo, o astrofísico Stephen Hawking diz o seguinte: "Há um modelo que descreve a origem do Universo." Isso significa que existe um conjunto de equações que descrevem seu surgimento, mas, essa não é a questão fundamental. O crucial é saber de onde vêm essas equações, de onde vêm as leis da Física, que ajudam a explicar o Universo.
    Em um livro de significativa importância científica, intitulado A Partícula de Deus, publicado nos Estados Unidos, o físico Leon Lederman, ganhador do Prêmio Nobel, em 1988, defende a tese de que Deus existe e está na origem de todas as coisas.
    O comportamento de pesquisa do físico holandês, Willem B. Drees, autor de um livro publicado, recentemente, que tem como título Além do Big Bang - Cosmologia Quântica e Deus, mostra claramente que há um interesse crescente pela investigação científica, baseado na certeza da existência de Deus. Aliás, o próprio Albert Einstein, o maior gênio científico daquele século, confessou a um assistente que, no fundo, seu único interesse era descobrir se, no instante da criação, Deus teve escolha de fazer um Universo diferente e, caso tenha tido opção, por que decidiu criar este Universo singular que conhecemos, e não outro qualquer.
    Na análise do Poder Pensante, que reina além do Universo, ainda encontramos o atestado lógico e, cientificamente, provado sobre a existência de Deus, quando concluímos que tudo aquilo que não é obra do homem, logicamente, tem que ser obra de Deus, consoante elucidam os Espíritos, há mais de 145 anos. O físico americano Paul Davies, no seu livro intitulado Deus e a Nova Física, afirma, categoricamente, que o Universo foi desenhado por uma inteligente consciência cósmica.
    Concluindo, buscamos as afirmativas doutrinárias que sustentam ser Deus a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas. Cabe detalhar que a inteligência de Deus se revela em suas obras, como a de um pintor no seu quadro, esclarece Kardec, que acrescenta: as obras de Deus não são o próprio Deus, como o quadro não é o pintor que o concebeu e executou.


    Jorge Hessen
    E-Mail: jorgehessen@gmail.com
    Site: http://jorgehessen.net

    Nenhum comentário: